Um pouco de táctica

Um pouco de táctica
Comentários fechados em Um pouco de táctica

UM POUCO DE TÁCTICA…

No futebol e como na maioria de todos os desportos colectivos , todos os seus elementos (bola, jogadores, campo, etc …) , assim como as relações entre eles (cooperação e competição) mudam constantemente com o decorrer do jogo.

Assim sendo , a componente táctica torna-se cada vez mais importante no futebol , porque , se na verdade , queremos que o jogo seja verdadeiramente eficaz , é essencial escolher a opção mais adequada entre todas as que temos , em uma determinada situação ou momento.

A táctica (na utilização dos sistemas) consiste no essencial , em escolher , o desenho do posicionamento dos jogadores em campo assim como o seu desempenho nas movimentações mais adequadas , em cada situação de jogo e contra adversários directos.

Para qualquer situação de jogo, é importante ver o que acontece em primeiro lugar, em seguida, examinar a situação , e finalmente decidir , de entre as possibilidades que temos , a mais adequada. Destas análises , dependerá sempre , a eficácia ou o desempenho do jogo , que no fundo reside , na escolha das respostas mais adequadas , para poucas chances que os jogos nos oferecem.

Estas respostas ou atitudes , são no fundo as variáveis do treino táctico e são sempre diferentes , em função de os jogadores e equipas , se encontrarem em fase de ataque ou defesa .

O treino táctico tem portanto , como objectivo , ajudar e familiarizar os jogadores com os sistemas , as técnicas e métodos escolhidos , para atender às finalidades ofensivas e defensivas das equipas.

Saber como e quando , atacar ou defender , baseado em uma determinada inteligência táctica necessária para um jogo, é às vezes também determinado pela criatividade e visão individual da situação , por parte dos jogadores. A assimilação de conceitos tácticos , deve portanto , seguir os mesmos princípios como para a aquisição de competências. Depende de repetições múltiplas , baseadas num modelo de jogo , idealizado pelo treinador.

É no entanto importante , ter sempre em mente , que para valorizar-mos qualquer sucesso táctico , essa valorização é impossível , sem um treino físico específicado , no acompanhamento das competências técnicas necessárias.

Por isso, jamais devemos esquecer a importância de trabalhar (durante toda a época) o treino da força (da potência), da agilidade, da destreza e da velocidade, interligados com os princípios (defensivos e ofensivos), as transições (ofensivas e defensivas) , etc ,etc , tudo inserido nas metodologias escolhidas , metodologias essas , que promovam a confiança nos jogadores, assegurando e encorajando-os relativamente à capacidade de serem bem sucedidos.

Devemos também inserir no conceito de treino , “um conhecimento substancial sobre práticas muito inovadoras” , nos aspectos motivacionais ,formulando-lhes objectivos difíceis e desafiadores e de uma complexidade crescente.

É fundamental também brindar o conceito de treino , com técnicas de redução de stress (fadiga fisíca e psicológica) , com intenção clara da obtenção níveis óptimos de desempenho , utilizando técnicas de relaxamento apropriadas , até mesmo para momentos claros de definição personalizada de funções (marcação de livres, grandes penalidades, etc).

Não esquecer também de inserir no conceito de treino , elementos fundamentais , que poderão resultar na simulação de condições adversas que os jogadores irão encontrar no jogo , instrumentalizando-os no entanto , no sentido de tudo estar preparado para ser um sucesso , etc ,etc…

E falamos um pouco sobre TÁCTICA . Até breve.

UM ABRAÇO

– See more at: http://manuelcajuda.com/falando-futebol/#sthash.ouiAVxjD.dpuf

Comments are closed.