Recuperação/Aquecimento em Bicicleta ergométrica (porque o fiz)

Recuperação/Aquecimento em Bicicleta ergométrica (porque o fiz)
Comentários fechados em Recuperação/Aquecimento em Bicicleta ergométrica (porque o fiz)

 

É sabido que o tecido muscular esquelético corresponde à maior massa no corpo humano, representando cerca de 45% do seu peso total.

Também se sabe que as lesões musculares são maioritária causadas por pancadas diretas, estiramentos ou lacerações.

Sabe-se também que as lesões musculares são a causa mais frequente de incapacidade física no desporto, correspondendo em regra a cerca de 30-50% das lesões e que as consequências destas lesões podem, em alguns casos, ser dramáticas impedindo o retorno à actividade durante semanas ou meses.

De um modo geral, as lesões causadas pelo desporto devem-se a métodos de treino incorretos, anomalias estruturais que forçam certas partes do corpo mais do que outras e a fraquezas dos músculos, tendões e ligamentos. O desgaste crónico é normalmente a causa de muitas dessas lesões.

Uma não recuperação/aquecimento adequada ao fim ou inicio de um período de treino ou competição aumenta claramente a possibilidade de aparecimento de lesões.

As actividades ou o desporto/causa que provocou a lesão ou um mal estar localizado , devem ser evitados até à cura ou restabelecimento. A substituição por actividades que não forcem a zona lesionada é preferível à abstenção de toda a actividade física, dado que a inactividade completa causa a perda da massa muscular, da força e da resistência.

A prática de exercícios físicos é essencial para manter as articulações funcionando bem, já que as eles ajudam a melhorar o equilíbrio. Além disso, exercícios que fortalecem os músculos diminuem a sobrecarga nas articulações e favorecem o alívio de dores.

Ao iniciar cada novo microciclo, após cada carga máxima que é a competição e nas recuperações activas, faça-o tentando tirar toda e qualquer tensão às articulações. Se tiver condições e puder optar , opte por exercícios de baixo impacto, como bicicleta, natação ou caminhada, para reduzir a pressão sobre as articulações. Correr no estádio é sobrecarregar as articulações ainda não recuperadas com pelo menos o peso corporal de cada um.

Ora , os jogadores de futebol e atletas de outras modalidades ferem ou agridem os seus tendões regularmente por causa do seu tipo de treino/competição, da desidratação, dos desequilíbrios de força e da inflexibilidade….

É portanto, necessário um indispensável cuidado com os riscos de lesões nos tendões das pernas e de dores nas costas.

Sei que disfruto de condições para fazer o que fiz e isso é fundamental, mas muito mais importante É SABER PORQUE O FIZ.

          Nota: eu também sei que para os clubes parece mais importante comprar mais um jogador que 20        bicicletas.

 

 

Comments are closed.