Semana Europa- A Minha Opinião

Semana Europa- A Minha Opinião
Comentários fechados em Semana Europa- A Minha Opinião

Começo por tentar não confundir a árvore com a floresta. Defino como “árvore” a Liga Portuguesa e equiparo pela “grandeza , a floresta” à Liga Europa e Champions League. Falar de Champions League e Liga Europa é falar das duas maiores e melhores competições de clubes na Europa e no Mundo.  Nelas encontram-se as mais poderosas e melhores equipas do Mundo. Maior poder financeiro e estrutural e os melhores intérpretes técnicos da arte do Futebol.

Inicio da semana europeia:

Partiram de forma diferente , pelo menos no aspecto psicológico , as quatro equipas portuguesas para as competições da UEFA. O primeiro a entrar em acção foi o Benfica. Foi também o que entrou mais fragilizado (quatro dias antes tinha perdido em casa com o F.C. do Porto , perdendo ao mesmo tempo a liderança da Liga). Porto , Sporting e S.C de Braga venceram de forma categórica os seus jogos da Liga. Porto dado como afastado pela corrida ao Título reafirmou-se como um ainda sério candidato ao triunfo final. Sporting voltou à liderança isolado com competência e mérito. Moralmente forte continua o Sporting de Braga , a única equipa a disputar as provas em que começou a Época.

JOGOS

BENFICA x ZENIT

Ganhou o Benfica e ganhou bem. Verdade que o Adversário sendo forte não competia oficialmente à cerca de dois meses. Venceu o Benfica , o seu Público e o seu Treinador. Ao mesmo tempo recuperam-se psicológicamente os jogadores. De elogiar a decisão de Rui Vitória ao “lançar” no campo os mesmo jogadores que quatro dias antes tinham secumbido , num dos jogos mais importantes da luta pelo Título. Fez um jogo inteligente onde o receio e a vontade de ganhar estiveram em níveis próximos , mas elevados. O resultado final acaba por justificar ambos. Ganhou já no fim , o que justifica a vontade de ganhar , lutando até ao último segundo e não sofreu golos justificando os receios e até algumas insuficiências na obrigatoriedade de cumprir os príncipios culturais do Jogo.

PORTO x BORUSSIA DORTMUND

Porto e Sporting tiveram a sorte mais escura ditada pelo sorteio , que lhes colocou pela frente duas das mais fortes equipas do fortíssimo Campeonato Alemão. Será bom recordar que o futebol Alemão que sempre se superiorizou (nas décadas anteriores) pela sua fabulosa capacidade fisíca , juntou-lhe na última década novas ideias (modelos de jogo) que ofereceram a sistemas tácticos préviamente escolhidos para as características dos seus jogadores , uma agradável beleza futebolistica. Depois de seguramente ter estudado muito bem o adversário , José Peseiro na antevisão do jogo disse ; “Vamos ter de defender muito mais… e todos”. Penso que qualquer outro Treinador inteligênte diria e faria o mesmo. Só não pensei que o Porto o fizesse com um “bloco” tão baixo. Verdade , que as dificuldades na constituição da equipa , para este jogo , foram ENORMES , mas marcar golos fora neste tipo de competição serão sempre uma vantagem em qualquer derrota. Sofrer um golo (muito consentido) aos seis minutos, aumenta a qualidade do “dilema” de qualquer treinador. Mudar tudo e tentar um golo ou sofrer mais um pouco para não levar outro é uma verdadeira equação dificil de resolver. Penso que Peseiro esteve forte até ao limite a que o resultado o obrigou. Com tantas dificuldades , derrota natural do F.C. do Porto.

SPORTING x BAYER LEVERKUSEN

Na sua fantástica e bonita correria na recuperação do seu enorme prestígio nacional e internacional , o Sporting que recuperou a liderança isolada da Liga Portuguesa acabou por perder bem. Foi sempre mais forte o Bayer Leverkusen. Entrou melhor no jogo e foi sempre superior na aquisição dos princípios culturais do jogo , quer nos momentos ofensivos ou defensivos e em qualquer lugar onde estava a bola. Só Jorge Jesus poderá justificar e não tem que o fazer , sobre as ausências de Adrian e Slimani na equipa inicial. Sinceramente penso que foi aumentar as dificuldades que as lesões o obrigaram a ter na constituição da equipa , em especial no quarteto defensivo. Vitória certa do Bayer.

SION x BRAGA

E para o fim como se costuma dizer ficam os melhores. Foi na verdade o grande vencedor da jornada europeia . Continua em grande o ENORME Braga. É a única equipa portuguesa que está em grande em todas as provas em que iniciou a Época. Repito , foi a grande vencedora desta semana europeia. Jogou fora e venceu fora. Processos simples ( tudo que é simples é maravilhoso) , conjugação perfeita das capacidades individuais colocada ao serviço do colectivo. É muito bom quando uma vitória pode ser considerada normal. Parabéns Paulo Fonseca. Melhorar o que já é bom é mesmo muito complicado. Mas é bonito.

Para a semana que vem , joga-se a segunda-parte. Nada está completamente , perdido.

Comments are closed.